BCR/ABL, TRANSLOCAÇÃO PCR QUALITATIVO P210 + P190 [ON-BA3]

Oncohematologia

DOCUMENTOS
Formulário Oncohematologia (link).

INSTRUÇÕES COLETA E TRANSPORTE

Preparo do paciente: Não há (não é necessário jejum).
Material: 4ml de medula óssea ou 8ml de sangue total infiltrado (30% blastos) em EDTA (tubo tampa roxa).
A coleta do material medula óssea é um procedimento médico que deverá ser realizado por profissionais da área de oncohematologia. Não pode ser colhido no Geneticenter.
Conservação: 48 horas refrigerado entre 5 o C e 8 o C.
Critérios para amostras recebidas com restrição: prazo de coleta superior ao recomendado.
Critérios para rejeição de amostras: Amostra coagulada ou hemolisada, anticoagulante inadequado.

Observações: Este teste pode ser aplicado para diagnóstico ou para monitoramento de DRM (Doença Residual Mínima) em LLA. Para o monitoramento de DRM em LMC, recomenda-se o Q-RT-PCR quantitativo.

METODOLOGIA

RT-PCR (Reação em Cadeia da Polimerase após transcrição reversa). Realizado PCR-Multiplex para amostras ao Diagnóstico e Nested-PCR para amostras de Acompanhamento).

LIMITAÇÕES DO EXAME

Limite de detecção: 1×10 -5 para o nested (1 célula portadora de BCR-ABL em 10.000 células normais) e 10 -2 para o Multiplex.

DOENÇAS RELACIONADAS

Leucemia Linfoblástica Aguda, Leucemia Mieloide Crônica, Doença Mieloproliferativa Crônica.

PALAVRAS-CHAVE

Leucemia Linfoblástica Aguda, Leucemia Mieloide Crônica, BCR-ABL, t(9;22), Doença Mieloproliferativa Crônica, p210, p190, b2a2 (e13a2), b3a2 (e14a2), e1a2.

PRAZO

7 dias úteis