FISH, PAINEL SÍNDROME MIELODISPLÁSICA [FS-SMD]

Oncohematologia

DOCUMENTOS
Questionário para FISH – F (link)
Pedido Médico

INSTRUÇÕES COLETA E TRANSPORTE

Preparo do paciente: Não há (não é necessário jejum).
Material: 1 ml a 3,0 ml de medula óssea em seringa heparinizada ou tubo HEPARINA sódica, 5 ml de sangue em um tubo com anticoagulante HEPARINA sódica.
A coleta do material medula óssea é um procedimento médico que deverá ser realizado por profissionais da área de oncohematologia. Não pode ser colhido no Geneticenter.
Conservação: 24horas refrigerada entre 2 o C a 8 o C.
Critérios para rejeição de amostras: amostra congelada.

METODOLOGIA

FISH (Hibridização fluorescente in Situ FISH)
Alterações analisadas:
Deleção 5q, gene EGR1 (5q31.2)
Deleção 7q, gene RELN (7q22.1)
Translocação t(8;21), gene de fusão AML-ETO (RUNX1/RUNX1T1)
Inversão 16 ou t(16;16), genes CBFB-MYH11
Rearranjo gene MLL (KMT2A) (11q23.3)
Translocação t(15;17), gene de fusão PML-RARA
Deleção 17p, gene TP53

LIMITAÇÕES DO EXAME

DOENÇAS RELACIONADAS

Síndrome Mielodisplásica. Leucemia Mieloide Aguda.

PALAVRAS-CHAVE

5q-, 7q-, PML/RARA, t(15;17), TP53, del17p, RUNX1T1/RUNX1, t(8;21), MLL (KMT2A), CBFB, inv16, SMD, LMA, Síndrome Mielodisplásica, Leucemia Mieloide Aguda.

PRAZO

8 dias úteis